O poder da gratidão

Muitos livros de autoajuda têm defendido a importância de sermos gratos no nosso dia a dia como forma de aumentarmos nossa saúde e bem-estar. Culturas e religiões também defendem, quase como uma imposição moral, a importância de agradecermos a algo ou alguém que nos fez bem. No campo científico, contudo, são relativamente recentes os estudos sobre o tema. Com o advento da Psicologia Positiva, os resultados das pesquisas têm demonstrado que autores populares ou líderes religiosos estão corretos: ser grato faz bem sim à nossa saúde.

Mas o que é gratidão? Construto difícil de ser definido, pode estar relacionado a uma emoção, uma atitude, uma virtude moral, um traço de personalidade, entre outros. De forma geral, a noção de gratidão deriva da disposição de perceber um ganho obtido, merecido ou não, associada ao julgamento de que outro ator é responsável pelo este ganho, seja uma outra pessoa ou uma força abstrata como Deus ou a natureza. O ganho pode ser material ou não.

Dois aspectos se destacam na compreensão acima:

  1. A gratidão refere-se a uma disposição de perceber um resultado positivo e de ser grato a isso (trata-se de uma condição ao mesmo tempo cognitiva e emotiva). Pesquisas demonstram que a habilidade de notar, apreciar e saborear os aspectos cotidianos da vida é crucial para o bem-estar das pessoas e a gratidão envolve e reforça esta postura perante a vida.
  2. Uma força externa é responsável pelo resultado obtido. Trata-se, portanto, de uma emoção ou atitude interpessoal, que envolve voltar o olhar para além de si mesmo.

Robert Emmons e Michael McCullough verificaram que atitudes de gratidão aumentam as emoções positivas e o bem-estar das pessoas em diferentes grupos pesquisados. Além disso, em determinados grupos, as pessoas que foram experimentalmente induzidas a serem gratas experimentaram níveis maiores de afetos positivos, foram mais propensas a adotarem comportamentos de suporte ou auxílio a outras pessoas, e/ou perceberam a sua saúde física de forma mais positiva. Assim, em cada estudo, induzir um estado de gratidão por meio de um exercício guiado produziu benefícios emocionais, físicos ou interpessoais.

Contudo, quais mecanismos psicológicos poderiam explicar porque os participantes das pesquisas acima evidenciaram níveis mais altos de bem-estar quando em condições de gratidão? O modelo utilizado por Barbara Fredrickson para explicar as emoções positivas (falaremos mais sobre a produção desta autora em outros posts) pode auxiliar nesta compreensão: emoções positivas ampliam nosso campo de visão (mindset) e constroem forças pessoais duradouras, que serão utilizadas em momentos difíceis futuros. Dentro desta perspectiva, a gratidão é efetiva em aumentar bem-estar porque ela constrói recursos psicológicos, sociais e espirituais, pois ela inspira reciprocidade social e altruísmo, fortalece forças sociais e relacionamentos, além de fazer com que as pessoas se sintam queridas e amadas pelos outros. Tudo isso em razão do que apontamos anteriormente: a gratidão nos faz olhar para fora de nós mesmos e a voltarmos nossa atenção para os outros ao nosso redor.

Vania Moraes, psicóloga e life coach

Referências: Emmons, R. A. e McCullough, M. R. (2003), Counting Blessings Versus Burdens: An Experimental Investigation of Gratitude and Subjective Well-Being in Daily Life. Journal of Personality and Social Psychology (2003), vol. 84. n2. 377-389.

3 respostas para “O poder da gratidão”

  1. Interessante que podemos comprovar essa teoria facilmente. Quando faço uma doação, por exemplo, sinto que a maior beneficiada fui eu mesma. Quando dou um presente, parece que minha satisfação é maior do que a do presenteado. Parabéns pelo texto. Adorei

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s